Jornal JF no mundo
Notícias de Juiz de Fora e do mundo
20
Agosto
Juiz de Fora
Terça


 

Digite o conteúdo da pesquisa:


Situação das barragens em Juiz de Fora será discutida
29-01-2019
Cidade

Com a tragédia em Brumadinho na última sexta-feira, 25, que deixou até o momento 65 pessoas mortas e 279 desaparecidos, após o rompimento da barragem I do Córrego do Feijão, a população de Juiz de Fora começou a questionar a situação das barragens na cidade.




De acordo com as organizações, em Juiz de Fora, existem, pelo menos, oito barragens. São elas: as barragens de abastecimento das represas, Chapéu d’Uvas e Dr João Penido, cujo a Companhia Municipal de Saneamento (Cesama) é responsável. Já a Votorantim e Nexa Resources são encarregados por duas barragens de rejeitos de Juiz de Fora: a barragem da Pedra e a barragem dos Peixes, que se encontra inativa. Além disso, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) administra as barragens das usinas hidrelétricas de Joasal e Marmelos.




Diante disso, alguns membros públicos protocolaram um pedido de audiência pública para ‘discutir a real situação das barragens de Juiz de Fora’. Um deles é o vereador Marlon Siqueira (MDB), que por meio da assessoria, informou que recebeu notificações de vários juiz-foranos. “Só com boa informação combatemos  o pânico e garantimos o acesso aos direitos. Após a calamidade de Brumadinho, recebi diversos pedidos de informação de moradores próximos a essas barragens, preocupados com a situação. Na função fiscalizatória do vereador, não poderia me furtar em promover este debate”.




No requerimento de solicitação, o vereador pede que seja considerados a comoção popular e “o imenso e catastrófico impacto humano, ambiental e social de calamidades como o rompimento de barragens” Foram convocados e convidados para a audiência representantes da Secretaria do Meio Ambiente, Atividade Urbanas, Cesama, Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e entre outras empresas. O pedido da reunião foi solicitado.




A reportagem do Diário Regional entrou em contato com a Cesama, Cemig e Nexa e aguarda retorno.




Relatório mostra 45 barragens com risco de rompimento no Brasil


Em um relatório divulgado pela Agência Nacional das Águas (ANA), no fim de 2018, mostrou que o risco de rompimento das barragens no Brasil subiu de 25 para 45. De acordo com os dados, o país possui mais de 24 mil barragens.




Das 45 barragens que estão vulneráveis, cinco delas estão em Minas Gerais. Pelo relatório, as barragens Minas Engenho 1 e 2, em Nova Lima, B2 e B2, em Rio Acima apresentam algum tipo de problemas. Na lista, no entanto, não consta a barragem Mina do Feijão, em Brumadinho, que se rompeu na última sexta-feira, 25.




Ainda de acordo com o relatório, em 2017, 780 barragens foram fiscalizadas por 29 órgãos estaduais como secretarias e institutos de Meio Ambiente ou por três agências reguladoras federais. No caso da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), não foi classificada como crítica.




Cerca de 3.543 barragens foram classificadas por categoria de risco e 5.459 quanto ao dano potencial associado, sendo que 723 foram classificadas simultaneamente como de risco e alto potencial de dados.




O documento divulgado pela ANA se baseia em informações enviadas pelas entidades ou órgãos fiscalizadores de segurança de barragens no Brasil. O documento é remetido pela agência ao Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH), que o remete ao Congresso Nacional.




Encontro


Nessa segunda-feira, 28, representantes da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) participaram de uma reunião cujo tema era ‘Medidas de curto e longo prazo relativas ao rompimento da barragem de rejeitos de minério da Vale do Rio Doce, em Brumadinho.




Outras faculdades também estiverem presentes. Da UFJF, a pró-reitora de Extensão, Ana Lívia Coimbra, o pesquisador e professor do Departamento de Engenharia de Produção e Mecânica, Bruno Milanez, e a pesquisadora e professora da Faculdade de Direito, Manoela Roland compareceram ao debate.

 

Comentários
Todos os comentário são validados.
Seus comentários serão exibidos somente após a validação.
Nome:
E-mail:
Comentário:
Desejo receber notícias.
 

 






Links úteis
Globo Imóbeis Ltda

 




Jornal JF no mundo
Notícias de Juiz de Fora e do mundo
Barbosa Lima, 135- Centro
Juiz de Fora-MG 36.010-050
E-mail: paula.jf@hotmail.com
Telefone: (32) 3213-0216 ou (32) 99967-8526
Expediente
20
Agosto
Juiz de Fora