Jornal JF no mundo
Notícias de Juiz de Fora e do mundo
19
Maio
Juiz de Fora
Quinta


 

Digite o conteúdo da pesquisa:


"Minha perna está igual a cimento"
21-01-2022
Esportes
Antonio Gómez, um dos preparadores de Paulo Sousa, explica que período na Inglaterra o fez dar maior atenção a trabalhos físicos de maior esforço

"Minha perna está igual a cimento" e "quero um pulmão a mais" foram algumas das frases ditas por jogadores nesses 12 dias de Paulo Sousa no Flamengo. Os preparadores Antonio Gómez e Lluis Sala têm arrancado o couro dos rubro-negros, e o elenco vem comprando a ideia da nossa comissão.

Responsável pela preparação física do clube rubro-negro, o espanhol Gómez, de 45 anos e natural de Murcía, norteia seu trabalho em alta intensidade. Adotou para si tais conceitos no período em que trabalhou na Inglaterra, de 2006 a 2011, quando atuou em Liverpool, Sunderland e Ipswich Town.

- Muito jovem (aos 30 anos, em 2006) fui trabalhar no futebol profissional inglês. Lá convivi com diferentes profissionais que me trouxeram um conhecimento mais profundo e profissional, entendendo o futebol com uma perspectiva inglesa, mais de trabalho físico e alta intensidade. Depois, tive a oportunidade de chegar ao Barcelona, onde pude realmente aplicar todo o conhecimento que tinha sobre treino estruturado, tanto o treinamento coadjuvante quanto o treinamento otimizador - afirmou à Fla TV.

Quem está no dia a dia do Flamengo destaca que há muito tempo não existia a integração diária dos trabalhos físico, tático e técnico. Desde o primeiro dia de Paulo Sousa, em 10 de janeiro, todos os trabalhos tiveram a mistura dos três conceitos.

Com mestrado e doutorado em ciências do esporte, Gómez afirma ter unificado diferentes conceitos para desenvolver seu trabalho.

- Tenho perfil misto porque amo a tarefa de campo e trabalho com os jogadores o desenvolvimento dos treinos e planificação da temporada com os times. Adoro a formação e educação. E tudo ao mesmo tempo. Trabalho como preparador físico no campo e o nível coletivo de um time de um staff. A partir daí comecei a unir todos os pontos que tinha estudado durante minha carreira e toda a evolução profissional que tinha tido nos diferentes times para poder ter uma bagagem teórica e prática para basear nosso trabalho.

As frases citadas por Gómez no topo da matéria têm repetição na comissão. O trabalho é intenso não apenas para atletas, mas para quem está ao lado de Paulo Sousa. Os treinos começam a ser montados nas primeiras horas do dia.

- Hoje acordamos 5h30 para definir os detalhes do treino e poder chegar aqui às 7h - finalizou Gómez, responsável pelos trabalhos compensatórios, que visam igualar titulares e reservas nos aspectos técnico, cognitivo, físico e tático.

Com o Flamengo acordando cedo desde o último dia 10, treinos diários às 8h e três dias de trabalho integral (10, 17 e 19 de janeiro), o elenco que representará o clube em 2022 tem tudo para voar fisicamente. Se Paulo Sousa acertar a parte técnica, a chance de o futebol romântico voltar à Gávea é grande.

 

Fotos

 

Comentários
Todos os comentário são validados.
Seus comentários serão exibidos somente após a validação.
Nome:
E-mail:
Comentário:
Desejo receber notícias.
 

 






Links úteis
Globo Imóbeis Ltda

 




Jornal JF no mundo
Notícias de Juiz de Fora e do mundo
Barbosa Lima, 135- Centro
Juiz de Fora-MG 36.010-050
E-mail: paula.jf@hotmail.com
Telefone: (32) 3213-0216 ou (32) 99967-8526
Expediente
19
Maio
Juiz de Fora