Jornal JF no mundo
Notícias de Juiz de Fora e do mundo
24
Janeiro
Juiz de Fora
Quarta


 

Digite o conteúdo da pesquisa:


Haas diz não haver americanos prontos para a F1 e gera polêmica entre pilotos
13-01-2018
Fórmula 1
Chefe do time diz que gostaria de ter um piloto dos EUA no time, mas acredita não haver nenhum pronto para a missão: "Ter um americano apenas por ter não seria algo bom para o esporte".

Haas diz não haver americanos prontos para a F1 e gera polêmica entre pilotos


Desde que o GP dos EUA retornou à F1, em 2012, e a empresa americana Liberty Media assumiu o controle da categoria, no ano passado, público da categoria no país tem crescido. Porém, muito se discute em como aumentar ainda mais audiência da Fórmula 1 no país do Tio Sam. Há a crença de seria necessário que a categoria tivesse um piloto americano no grid para que isso acontecesse. E apesar de "um piloto da casa" ser uma ambição da equipe Haas, com sede na Carolina do Norte, o chefe do time afirmou que não há americanos prontos para a F1 no momento.


- Não está no topo da nossa lista (um piloto americano). Estaria se tivesse um bom, pois é o que queremos. Mas se houvesse um bom, será que ele viria para nós? Ter um americano apenas por ter, e que talvez não consiga guiar em alto nível, não seria algo bom para o esporte. (Assinar um piloto americano) é uma ambição, mas neste momento, não há ninguém pronto para a F1 nos EUA, na minha opinião - afirma Gunther.


Só que a declaração do dirigente não pegou muito bem. Pilotos da Indy, como Graham Rahal e Alexander Rossi, ex-piloto da F1 e vencedor das 500 milhas de indianápolis em 2016, além de fãs, se manifestaram contrários às palavras de Steiner.


- Completa besteira. Se você realmente acredita nisso, Haas, por que não convida um de nós. Dê uma chance, que tal? - questionou Graham Rahal.






Complete BS. @HaasF1Team if you really believe that, why don’t you call some of us, give it a shot? https://twitter.com/autosport/status/951853780622069761 






Alexander Rossi usou a palavra "Word", que serve como gíria para concordar com algo, em apoio às palavras do compatriota.


- Sempre engraçado ver a mentalidade da Haas: "Americanos não são bons o bastante". Ainda


assim, sequer nos deram uma chance. Nem vale a pena gastar o tempo.




Always funny the @HaasF1Team mentality. “Americans aren’t good enough”, yet they haven’t even given us a shot. Not worth our time. 👍🏻





- Pilotos americanos são muito bons. Eu defendo isso, temos muitos talentos. Melhor ficar na Indy, muito mais competitiva, de qualquer forma.


Apesar de não ter um histórico de sucesso recente na categoria, o EUA tem dois títulos mundiais na maior categoria de automobilismo do planeta. O primeiro foi conquistado em 1961, por Phill Hill. A segunda taça foi levantada em 1978 por Mario Andretti.

 

Fotos

 

Comentários
Todos os comentário são validados.
Seus comentários serão exibidos somente após a validação.
Nome:
E-mail:
Comentário:
Desejo receber notícias.
 

 






Links úteis
Globo Imóbeis Ltda

 




Jornal JF no mundo
Notícias de Juiz de Fora e do mundo
Barbosa Lima, 135- Centro
Juiz de Fora-MG 36.010-050
E-mail: jornaljfnomundo@gmail.com
Telefone: (32) 3213-0216 ou (32) 99967-8526
Expediente
24
Janeiro
Juiz de Fora