Jornal JF no mundo
Notícias de Juiz de Fora e do mundo
21
Janeiro
Juiz de Fora
Segunda


 

Digite o conteúdo da pesquisa:


Arquitetura e Urbanismo: como está o mercado de trabalho?
02-10-2018
Arquitetura e Urbanismo

Unir técnica e arte em espaços que proporcionem qualidade de vida aos usuários é uma das tarefas dos arquitetos e urbanistas. Seu trabalho está em todos os lugares: das casas em que mora apenas uma família, aos grandes parques que servem de encontro a milhares de pessoas. Mas, afinal, como é o mercado de trabalho em Arquitetura e Urbanismo?




Neste post, vamos falar um pouco sobre as oportunidades nesta carreira, as tendências da área para o futuro e entender melhor o que o estudante aprende neste curso.


Mercado de trabalho em Arquitetura e Urbanismo


O salário de arquitetos e urbanistas pode variar de acordo com o tamanho do escritório, o cargo e a região de atuação. No entanto, segundo uma pesquisa feita pelo site Nexo, com base no Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), a média salarial de arquitetos e urbanistas no Brasil é de aproximadamente R$ 6,5 mil.




Atualmente, além de trabalhar com a prancheta na mão no projeto de casas, edifícios e outros espaços, os arquitetos têm-se dedicado a outras tarefas para aproveitar as oportunidades, mesmo em um momento de crise, como o que vinha sendo enfrentado até o último ano.




A restauração de ambientes é uma dessas opções. Se construir novos espaços está difícil, os arquitetos agora investem em reinventar espaços já existentes a partir de reformas e restaurações. Do mesmo modo, a decoração vem ganhando cada vez mais destaque nas mãos de arquitetos e urbanistas.




A tecnologia tem sido outra aliada dos profissionais desta área. A representação de desenhos em 3D, um diferencial e tanto no momento de vender um projeto, tem chamado a atenção de arquitetos e urbanistas que, inclusive, aproveitam para se especializar na ferramenta.




O setor público é outra oportunidade, já que a demanda por arquitetos e urbanistas tem aumentado neste setor, principalmente em relação às atividades de planejamento urbano e desenvolvimento sustentável das cidades.




Futuro pede investimento em tecnologia e qualidade de vida


Como acontece em outras áreas, a tecnologia também deve invadir a rotina do profissional de Arquitetura e Urbanismo. Isto porque novas soluções para os espaços têm surgido a cada dia e devem fazer parte da rotina das pessoas em um futuro próximo.




Um exemplo disso é a internet das coisas, ou seja, a conexão à internet de diversos objetos, como eletrodomésticos e fechaduras. Já imaginou abrir as janelas da sua casa apenas com um toque no seu celular? Pois com as novas tecnologias isso será possível e tudo indica que esta seja uma grande oportunidade para os arquitetos.




Falando em futuro, você já deve ter percebido que a estrutura das famílias tem se modificado com o tempo. Se antes as casas eram ocupadas por diversos familiares, hoje muitas pessoas moram sozinhas, e isto também influencia a arquitetura. Pensar em espaços reduzidos e com móveis e objetos multifuncionais e que se adequem a diversas tarefas, lazer e trabalho, por exemplo, também é tarefa do arquiteto para os próximos anos. 




A sustentabilidade também é uma tendência, não só do futuro, mas também do presente. Este é um assunto que une qualidade de vida e conservação do meio ambiente em um contexto de cada vez mais concreto e de poluição. Buscar estratégias para minimizar os impactos ao meio ambiente, como energias renováveis e a reutilização de materiais, é o desafio para arquitetos e urbanistas nos próximos anos.




O que se aprende na faculdade de Arquitetura e Urbanismo?


Se você está pensando em ser arquiteto, deve estar curioso para saber qual é o caminho a trilhar para conquistar espaço nesta profissão, não é? Por isso, também reunimos aqui algumas informações sobre o que arquitetos e urbanistas aprendem durante o curso.




A matriz curricular da faculdade de Arquitetura e Urbanismo reúne disciplinas das Ciências Exatas e Humanas. Isso porque tanto a técnica como o olhar voltado à arte e à sociedade são imprescindíveis para a atuação deste profissional.




No Unianchieta, por exemplo, a matriz curricular contempla disciplinas como “física”, “história da arte”, “desenho técnico e expressivo” e “gerenciamento de obras”. Além disso, já a partir do terceiro semestre, o estudante começa a desenvolver projetos de ambientes, de casas a edifícios institucionais.




Ficou curioso para saber mais? Acesse o site do Unianchieta, conheça mais sobre o curso e saiba quanto custa a faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Ah, não se esqueça de baixar o e-book do curso para saber tudo sobre esta área encantadora!


 

Comentários
Todos os comentário são validados.
Seus comentários serão exibidos somente após a validação.
Nome:
E-mail:
Comentário:
Desejo receber notícias.
 

 






Links úteis
Globo Imóbeis Ltda

 




Jornal JF no mundo
Notícias de Juiz de Fora e do mundo
Barbosa Lima, 135- Centro
Juiz de Fora-MG 36.010-050
E-mail: jornaljfnomundo@gmail.com
Telefone: (32) 3213-0216 ou (32) 99967-8526
Expediente
21
Janeiro
Juiz de Fora