Jornal JF no mundo
Notícias de Juiz de Fora e do mundo
22
Junho
Juiz de Fora
Sexta


 

Digite o conteúdo da pesquisa:


Pegou ele pela testa, puxou pela blusa e arranhou o pescoço , diz mãe que teve filho agredido por professora em MG
09-03-2018
Cidade
Caso foi registrado em escola municipal de Juiz de Fora. Secretaria de Educação disse que tomará as medidas cabíveis.

Resultado de imagem para Mãe denuncia professora por agredir e incentivar agressão contra filho em Juiz de Fora


Mãe denuncia professora por agredir e incentivar agressão contra filho em Juiz de Fora


Uma mãe denunciou uma professora da rede municipal de Juiz de Fora por agredir o filho, de oito anos, e incentivar que outros estudantes fizessem o mesmo, no Bairro Santa Cândida. O caso foi registrado na Escola Municipal de Santa Cândida nesta quarta-feira (7) pela Polícia Militar (PM) como "vias de fato/agressão".


Em entrevista a equipe de reportagem da TV Integração, a mãe contou como a agressão aconteceu. “Um colega de sala levantou e apagou a luz. O meu filho levantou para acender. Mas eu acho que a professora já deveria estar estressada, o que não justifica o que ela fez, já arrancou meu filho. Foi aí que ela pegou ele pela testa, puxou pela blusa e arranhou o pescoço”, disse.


Além da agressão física, os materiais escolares do menino foram danificados pelos colegas que, segundo a mãe, foram incentivados pela professora. “Os lápis dele foram todos quebrados e o braço cheio de cola que os meninos jogaram nele. E a professora já tinha sido mandada embora. Na sala de aula ela já chegou falando isso e que era por causa do meu filho. Aí que os coleguinhas ficaram revoltados e juntaram nele”, conta.


A Secretaria Municipal de Educação informou que está ciente do caso e que a professora e a direção da escola serão ouvidas e medidas administrativas serão tomadas. Com relação à criança, família e colegas de classe, a Secretaria disse que "proposições pedagógicas estão sendo articuladas junto aos setores responsáveis pela Atenção ao Estudante e Orientação ao Educando", conforme nota.


Aluno teve material rasgado pelos colegas em sala de aula em Juiz de Fora (Foto: Augusto Medeiros / G1)


Aluno teve material rasgado pelos colegas em sala de aula em Juiz de Fora


Registro na Polícia


De acordo com o Registro de Evento de Defesa Social (Reds), a mãe contou aos policiais que, ao chegar em casa, soube que o filho tinha sido agredido pela professora, de 40 anos. Disse que o fato ocorreu na tarde de quarta dentro da sala de aula "sem motivos aparentes" e que ela incitou outros alunos a agredirem o menino.


Todo o material escolar dele foi destruído e o garoto ainda teve a cabeça presa na mochila, sem que a professora impedisse, conforme a denuncia à PM.


A mãe disse ainda que só soube da agressão depois que todas as providências foram tomadas. O menino tinha marcas de agressão na testa e pequenas lesões no nariz e no pescoço. A mãe dispensou o apoio da PM até uma unidade de tratamento médico, afirmando que levaria o garoto por por meios próprios para providenciar o laudo médico .


A diretora da escola, de 52 anos, afirmou aos policiais que afastou a professora das funções assim que tomou conhecimento dos fatos e a colocou à disposição da Secretaria Municipal de Educação, comunicando a situação por meio de um memorando.


A diretora disse ainda que chamou os pais e responsáveis de todos os outros alunos envolvidos, para informá-los sobre o ocorrido e determinou a aquisição de materiais escolares novos para a vítima.


Os policiais registraram que, ao chegar na escola, a situação estava resolvida e a professora tinha sido liberada. A PM destacou que orientou a mãe sobre as providências posteriores que devem ser adotadas.

 

Comentários
Todos os comentário são validados.
Seus comentários serão exibidos somente após a validação.
Nome:
E-mail:
Comentário:
Desejo receber notícias.
 

 






Links úteis
Globo Imóbeis Ltda

 




Jornal JF no mundo
Notícias de Juiz de Fora e do mundo
Barbosa Lima, 135- Centro
Juiz de Fora-MG 36.010-050
E-mail: jornaljfnomundo@gmail.com
Telefone: (32) 3213-0216 ou (32) 99967-8526
Expediente
22
Junho
Juiz de Fora